Eventos ao vivo ou gravado: qual escolher?

eventos ao vivo ou gravados

Já se deparou com a indecisão sobre o melhor formato, eventos ao vivo ou gravado? Nós preparamos este artigo que vai tirar todas as suas dúvidas em relação a este assunto:

Eventos ao vivo: uma herança da televisão 

Os eventos ao vivo, ou lives como também são chamados, surgiram muito antes da pandemia como muitos imaginam. Eles tiveram sua origem na televisão, e não nas redes sociais. 

Já ouviu falar sobre Live Broadcasting? A palavra “live” vem deste termo, muito usado nas emissoras de televisão e caracterizava transmissões ao vivo via radiodifusão. 

Hoje em dia, tudo é feito por meio da internet, de qualquer dispositivo com acesso a  dados móveis. Com um smartphone ou computador, o espectador pode assistir de qualquer lugar se tornando parte ativa e não apenas passiva daquela live. 

A temporalidade na internet é diferente e nem todo conteúdo é consumido em tempo real. Muitas produções mesclam partes gravadas com atrações ao vivo. 

Os eventos gravados nada mais são do que vídeos, e são muito semelhantes aos programas de televisão que são previamente gravados antes de serem transmitidos. Muitos talk show são feitos dessa forma, assim como programas de auditório.

Os eventos vêm sendo gravados de diversas maneiras ao longo da história, seja em desenhos, pinturas ou vídeos. E as transmissões pré-gravadas são uma forma diferente de fazer eventos online, ainda mais nesse momento de distanciamento social e transformações na área.

Veja a seguir todos os benefícios de cada um dos formatos para decidir qual deles melhor se encaixa nos objetivos do seu evento, sempre com base na melhor experiência para quem está participando. 

Eventos ao vivo: vantagens e desvantagens 

Talvez o primeiro e mais importante benefício seja a possibilidade de interação com os participantes ao vivo, seja por chat, por abertura de microfone e câmera, por dinâmicas online ou enquetes em tempo real. 

O retorno imediato do público traz outra experiência tanto para quem apresenta quanto para quem assiste à live. Isso permite que eles se sintam mais inteirados no assunto e próximos dos palestrantes. 

É possível ainda estimular o engajamento e o networking entre participantes, a partir da criação de breakout rooms e atividades de gamificação.

A principal desvantagem nesse formato é ter que lidar com imprevistos ao vivo. Em caso de problemas, erros ou falhas técnicas será necessário lidar com o público que estará a postos esperando um retorno sobre o que aconteceu.

Tudo que acontece no ao vivo não pode ser mudado ou editado, o que acaba sendo um grande desafio para quem vai fazer esse tipo de evento. Por isso, ter um roteiro bem estruturado e palestrantes bem articulados pode fazer toda a diferença. 

Teste os equipamentos de todos os envolvidos momentos antes de ir ao ar. A conexão com a internet pode influenciar muito o desempenho da câmera e do áudio. 

Promova ensaios prévios e tenha claros papéis e responsabilidades da equipe técnica. Basicamente, quem faz o quê e a quem você deve recorrer numa situação de emergência. 

Por que fazer eventos gravados?

A primeira vantagem é o controle sobre tudo que vai acontecer no evento, sem sustos. O planejamento prévio do conteúdo e a possibilidade de editar possíveis erros, ou seja, não ter que lidar com imprevistos em tempo real, é um super benefício. Quase um conforto. 

Esse formato também simplifica a inserção de apresentações, imagens ilustrativas, vídeos, caracteres e outros recursos audiovisuais, facilitando o entendimento do conteúdo passado.

Caso você receba convidados internacionais, a possibilidade de fazer transmissões pré-gravadas facilita para a sua audiência e os palestrantes, já que o fuso horário pode ser um problema. Isso sem contar questões relacionadas a traduções e legendas. 

Mas nem tudo são flores. A maior desvantagem é a falta de interação do público com o palestrante, já que eles não vão poder ter suas perguntas respondidas e nem mesmo conversar com eles. Esse é um problema que pode acabar prejudicando o engajamento do público.

Assine nossa newsletter gratuita

Receba os melhores conteúdos sobre eventos diretamente no seu email

O que é necessário para promover eventos ao vivo?

Independentemente de ser um evento ao vivo ou gravado, há uma lista básica de pré-requisitos para que seja feito com a melhor qualidade possível. Você sabe quais são eles?

Equipamentos

Os equipamentos são muito importantes em um evento online já que não será possível fazer edições. Então, antes de entrar ao vivo, peça para que o palestrante cheque todos os aparelhos.

Ele deve testar a iluminação, a câmera e o áudio. Ao testar o som, é importante que ele não esteja em um lugar muito vazio para que não dê eco e prejudique a qualidade do evento.

Outro ponto relevante é a conexão com a internet. Quanto melhor for, mais rápida será a transmissão do seu áudio e evento, o que faz com que eles saiam ao mesmo tempo sem atraso.

Plataforma de eventos

Tão importante quanto os equipamentos e a programação é a plataforma de eventos. Ela deve ter conexão com alguma plataforma de transmissão e atender a todas as suas necessidades.

Ou seja, ela deve ser completa para trazer o máximo de otimização possível para você. Confira antes se ela tem opções de fazer o lançamento de enquetes ou nuvens de palavras para tornar o evento mais interativo.

Veja também se ela permite um chat privado com cada participante para favorecer o networking. Todos esses pontos são essenciais para garantir a melhor experiência possível.

Suporte audiovisual

Tenha em mente que todo evento precisa de um suporte audiovisual para possuir uma qualidade de imagem na hora da transmissão. Principalmente se ele for gravado, pois será necessário que a imagem esteja boa para que seja um bom conteúdo.

O suporte audiovisual vai envolver o vídeo e áudio, que não pode estar muito baixo e nem muito estourado para não afetar a transmissão. O seu palestrante deve ser ouvido claramente para que todos recebam a mensagem.

Edição de vídeo

Se tratando de um evento gravado, a edição do vídeo pode ser de grande ajuda para ilustrar a fala dos speakers ou para adicionar imagens que correspondam ao conteúdo.

Na pós-edição o vídeo também fica mais otimizado, já que podemos tirar as partes que podem ter ocorrido um imprevisto e ir direto ao ponto.

Produção de roteiro

A produção do roteiro se torna fator extremamente relevante quando pensamos em um conteúdo ao vivo que vai ter horário certo para começar e terminar. O roteiro auxilia os palestrantes a não se perderem em sua fala, estourar o tempo ou fugir do assunto.

Com um roteiro e uma programação em mãos é possível comandar o seu evento como um espetáculo, com maestria!

Estratégias de marketing

E é claro que as estratégias de marketing não podiam faltar! Antes mesmo de começar o planejamento é necessário que se faça o seu plano de marketing, até mesmo para saber quais estratégias serão seguidas, onde os patrocinadores entrarão nesse cenário e qual o orçamento que será destinado às campanhas.

E para te auxiliar no marketing do seu evento, nós preparamos uma planilha gratuita que pode servir de guia para o orçamento das suas campanhas. Com ela, vai ficar fácil calcular o ROI, o Retorno sobre Investimento, da sua produção. Baixe agora gratuitamente. 

Como escolher o formato ideal do seu evento

Agora que você conhece com mais detalhes os eventos ao vivo e gravados, deve estar se perguntando: “afinal, qual devo escolher?”. 

E essa resposta é muito simples: faça uma análise de todo o seu projeto, coloque seu plano em perspectiva e considere os pontos positivos e negativos do seu evento.

Considere o objetivo de cada palestra, o horário, as preferências de seus painelistas e participantes. 

Mas essa também não precisa ser uma decisão muito difícil, visto que podemos usar os dois formatos em um evento só. Um exemplo disso é o YouPix que rolou pouco tempo atrás.

youpix
Todo o conteúdo do evento está disponível no Youtube para que possam assistir.

Ele contou com a presença de palestrantes ao vivo e também com conteúdos gravados, sem que essa diferença fosse claramente percebida pela plateia. 

E se tratando de um evento ao vivo que será disponibilizado para assistir depois, é importante que saiba como programar as atividades para que flua normalmente e de forma agradável para quem assistir a gravação.

Lembre-se também de favorecer as interações entre os participantes e os palestrantes, coloque avisos visuais na gravação para que quem assista depois não fique de fora!

Comece a preparar seus eventos ao vivo

E agora que você conhece todas as vantagens e desvantagens de cada formato de evento, é hora de começar a fazer a preparação dele. 

Por isso, nós preparamos todos os passos que você vai precisar para fazer a organização do seu evento, seja ele ao vivo ou gravado. Está tudo no checklist de eventos online, basta clicar e baixar gratuitamente!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *