Profissional de eventos: uma carreira em transformação

profissional de eventos

A nova onda digital que estamos experimentando trouxe uma era do profissional de eventos e fez com que ele tivesse que se reinventar em um mercado onde já trabalhava há  anos.

Para saber como é o perfil do profissional nos tempos atuais continue lendo este artigo:

Como era o profissional de eventos?

Quando se fala em carreiras em transformação, é comum começar uma frase com “Ah, antes da pandemia…”. Ela veio como um divisor de águas e muitos profissionais ainda estão num momento de travessia.

Antes da pandemia, já existiam os eventos online, porém, não possuíam tanta força quanto hoje em dia.

Antigamente os produtores de eventos precisavam lidar com muitos fornecedores, distribuidores e equipes gigantescas de funcionários.

Em meio a tudo isso, ele ainda tinha que cuidar de todos os pontos do evento e ter certeza de que tudo estava muito bem. Seja cuidando das necessidades de sua equipe, dos proprietários do evento, dos fornecedores ou dos participantes. 

Ou seja, o produtor de eventos precisava estar disposto, estar sempre atento e se relacionar bem com as pessoas o tempo todo. 

Soft Skills do profissional de eventos

Soft skills é um termo comumente utilizado por profissionais das áreas de RH e serve para designar habilidades comportamentais que pertencem mais à personalidade de cada pessoa.

Elas são muito testadas em dinâmicas de grupo para ver como as pessoas interagem mediante outras, como elas se comportam em situações e relacionamentos do dia a dia. E essas habilidades são muito importantes para que a equipe esteja em sintonia e consigam desempenhar um bom trabalho em grupo.

Ainda mais na produção de um evento, em que o relacionamento humano é base de tudo. Afinal, eventos são encontros de comunidades. Quem produz eventos é geralmente um ser bastante social, que precisa de soft skills específicas para desempenhar o seu papel com maestria. Separamos algumas delas, veja:

Comunicação assertiva

A habilidade de conversar e se comunicar sem quaisquer tipos de ruídos é muito importante para produtores, e parte disso é saber ouvir seu  cliente. Pois são as informações coletadas durante o briefing que devem ser passadas para os seus outros colegas.

Por isso, ser direto e objetivo se torna essencial nesse tipo de situação. Treine a fala e a escrita para que seja bem clara para qualquer pessoa que vá conversar! 

Trabalho em equipe

Trabalhar com um time é crucial, afinal um evento, seja ele online ou não, precisa de uma equipe para ser feito, nem que sejam apenas duas pessoas.

Essa habilidade de conseguir trabalhar em conjunto com outras pessoas permite que os fluxos sigam em frente sem problemas e haja a cooperação entre todos.

Negociação para o

Quem produz eventos está sempre lidando com pessoas, sejam fornecedores para eventos, clientes, patrocinadores, palestrantes ou o próprio time. E isso faz com que uma das habilidades mais importantes seja a negociação.

Essa habilidade permite que nenhuma das partes envolvidas saia prejudicada ou insatisfeita com a situação.

Organização e gestão de tempo

Para organizar um evento online ou híbrido é necessário que se tenha uma rotina organizada e se saiba fazer a gestão, tanto do planejamento do evento quanto do tempo da transmissão ao vivo.

Ser uma pessoa organizada é quase um pré-requisito para quem produz eventos, pois são muitas coisas acontecendo ao mesmo tempo, com interface de diversos stakeholders – patrocinadores, palestrantes, equipe de produção e audiência. 

Criatividade

Muitos acreditam que a criatividade é um dom, mas na verdade é algo inerente a todos os seres humanos e com o tempo só paramos de exercitá-la. Por isso, coloque-a em prova quando precisar pensar em atividades que engajem os participantes de um evento.

Caso mesmo assim não consiga pensar em nada, confira o nosso e-book de 42 ideias criativas e incríveis para engajar e fazer com que interajam no evento.

A sua criatividade também pode te ajudar a resolver problemas e improvisos, especialmente durante o evento, na transmissão ao vivo

Flexibilidade

Pode-se dizer que a organização dos eventos não é o processo mais estável do mundo. As coisas podem mudar de uma hora para outra: um palestrante se ausentar, uma falha de transmissão, uma alteração inesperada na programação

Por conta disso, o profissional de eventos precisa ter bastante flexibilidade para saber lidar e se adaptar a essas mudanças, e usar sua criatividade – como comentamos acima – para se sair bem em todas elas. 

Liderança para profissional de eventos

O líder tem que ter a capacidade de gerir e orientar a equipe que está trabalhando no desenvolvimento do evento, mesmo que sejam poucas pessoas, como no caso de eventos online.

Mas essa liderança vai além de somente ter pessoas respondendo para você. Aqui também estamos falando sobre tomar a frente da resolução de problemas, propor soluções, motivar a equipe e ter claro os objetivos do evento e o que fazer para alcançá-los. 

Facilidade em solucionar problemas

O dia a dia de um profissional de eventos pode ser um tanto quanto agitado e ele precisará de energia e disposição para poder acompanhar esse ritmo. Mas não é só dessa disposição que estamos falando.

É necessário ficar atento e estar disposto a estudar e lidar com as novidades da área. Que cá entre nós, são muitas, ainda mais quando aliamos os eventos às tecnologias emergentes.

Transformações no mercado de eventos 

Ela já começou e devemos nos adaptar a estas transformações que chegaram nos últimos dois anos, elas estão requerendo novas habilidades de quem coordena eventos hoje em dia

Um exemplo disso são os eventos híbridos que trazem o digital e o presencial em uma só produção, simultaneamente. Por isso, requerem muito mais atenção na preparação, já que exige conhecimento técnico dos dois formatos.

Além disso, é necessário que os dois tipos de participantes tenham acesso aos mesmos conteúdos e com experiências diferentes, porém, proporcionais.

Isso significa que não devemos tentar reproduzir as experiências do presencial no formato online. Deve-se pensar em diferentes formas de engajar, entreter e proporcionar interações para os participantes de ambos os modelos.

Com essa nova era, quem produz eventos precisou adotar um perfil mais voltado para o business de um evento, onde ele precisa entender sobre quem são os melhores patrocinadores, as melhores opções, os melhores dados a serem analisados e como trazer resultados, tudo isso para ser passado para seus clientes.

Agora a grande maioria dos eventos vem sendo feito em plataformas de eventos online que possuem inúmeras funções e possibilidades de combinação.

Então, é necessário entender muito mais sobre tecnologia, com conhecimento pelo menos intermediário na plataforma que pretende usar, além de saber o que acontece apertando cada botão das ferramentas. Isso sem falar sobre como operar as transmissões, como subir enquetes, planejar lobby e muito mais.

Outra habilidade que vem se destacando para este profissional é a possibilidade de fazer marketing, seja o digital ou o de conteúdo. Com a pandemia, ele se tornou extremamente importante para a divulgação e prospecção de participantes em eventos online.

Como se transformar no novo profissional de eventos?

O novo profissional de eventos tem muito mais materiais a sua disposição, mais formas de se especializar e aperfeiçoar tecnicamente em sua área. Podendo ser pelas comunidades, como a Backstage, que favorecem o networking, a troca de conhecimento e outras informações relevantes da área.

Conecte-se com sites e hubs de conteúdo, como este blog, que disponibilizem materiais indicados para profissionais da área, como checklists, e-books e outros conteúdos técnicos sobre as tecnologias e tendências do segmento.

Por conta disso, conheça todos os conteúdos que a Evnts disponibiliza para você ter sua melhor performance como pessoa que produz eventos. Acesse abaixo.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *