Marketing de eventos: como fazer?

O marketing de eventos é uma estratégia de comunicação em que a empresa promove sua marca por meio da realização, da participação ou do patrocínio de um evento. Neste artigo, vamos falar sobre:

Em meio a tantas mudanças de cenário, a cobrança por profissionais que conseguem atuar além da parte tática do evento é uma constante, obrigando muitos produtores de eventos a desbravar o universo do marketing de eventos.

Marketing digital de eventos: o que é?

O marketing de eventos é uma alavanca de visibilidade que deve ser usada em qualquer tipo de evento corporativo. No universo online, você pode contar com diversas ferramentas para te ajudar a divulgar seu evento. 

Afinal, independentemente do formato, será preciso um conjunto de estratégias de marketing para fazer sua mensagem chegar ao seu público, a fim de que o evento seja um sucesso. 

Postagens em redes sociais, incentivo ao compartilhamento, envio de convites e criação de páginas dedicadas são essenciais. Mas essas são ações que se forem feitas de forma coordenada podem trazer resultados exponencialmente maiores em termos de quantidade e engajamento dos participantes.

É necessário que haja um plano organizado, que traga o detalhamento de como o evento será divulgado. Para isso, é fundamental criar um plano de marketing. 

Como fazer um plano de marketing para eventos?

O plano de marketing é um documento que reúne todas as estratégias, ações e tarefas para se alcançar o objetivo do evento, seja ele qual for. 

Por isso, o primeiro passo para construir seu plano de marketing é conhecer sua audiência e definir quais indicadores medirão o sucesso do seu evento. Uma comunicação planejada produz dados factíveis, com os quais é possível trabalhar antes, durante e depois do evento ser realizado.  

De maneira organizada, o plano de marketing deve detalhar todas as tarefas necessárias para divulgar o evento e conseguir alcançar a audiência certa – gerando, assim, um apelo irresistível para o maior número de pessoas, conquistando leads qualificados para seu evento.

Você deve descrever no plano quais os conteúdos serão trabalhados e como se espera que o público reaja a eles, seja fazendo uma inscrição por meio de um formulário, seja respondendo uma enquete ou seja acessando algum material promocional. Ou até mesmo fazendo a  compra de ingressos, se for o caso.

É importante que o plano de marketing traga – além de estratégias de comunicação – um cronograma e um orçamento detalhados. 

O plano de marketing deve ser periodicamente revisado, já que se trata de um documento vivo. Ele deve ser atualizado à medida em que o plano é executado. 

O período da divulgação também é um item estratégico. Se você fizer isso muito cedo, corre o risco de perder a atenção do público. Porém, se você fizer muito tarde, pode não gerar alcance suficiente com sua campanha.

Então, como saber a hora certa? Como regra geral, recomendamos configurar a página dedicada do seu evento 2 a 3 semanas antes da data do evento para garantir um espaço seguro nos radares de seus participantes em potencial.

Assine nossa newsletter gratuita

Receba os melhores conteúdos sobre eventos diretamente no seu email

8 estratégias de marketing digital para eventos online

Listamos aqui algumas dicas estratégicas para potencializar o alcance do seu evento online. 

1. Conheça sua audiência 

Para qualquer estratégia de marketing dar certo é imprescindível conhecer quem está do outro lado da comunicação, ou seja, seu público-alvo. 

Uma vez que os eventos são temáticos, fica mais fácil destacar um perfil que considere como seu cliente modelo, ou seja, uma persona. Quanto melhor você identificar a pessoa-alvo que planeja alcançar, melhor será o desempenho de sua campanha de marketing.

A identificação da audiência pode ser feita de diversas maneiras, mas basicamente, você precisa mapear:

  • Dados demográficos, tais como idade, localização, profissão, nível escolar, classe social e outros indicadores relevantes para a temática do seu evento;
  • Suas preferências de sites e onde passa tempo online;
  • Suas motivações e objetivos;
  • Principais hobbies.

Essas informações ajudarão na escolha dos canais ideais de comunicação e qual tom de voz é mais adequado para conversar com o público-alvo. Todo conteúdo que produzir deve ter como foco essa pessoa, seus interesses e preocupações.   

2. Crie uma identidade visual para o evento

Uma vez definidos o nome, o tema e outros detalhes básicos do evento, é muito importante criar uma assinatura visual para o evento. O famoso KV (key visual) traz uma padronização visual de todas as peças de comunicação e imprime mais credibilidade ao evento. 

A identidade visual do evento pode ser usada para reforçar atributos do storytelling e ainda criar um ambiente completamente imersivo para os participantes do evento. O CMO Summit 2021 usou muito bem essa estratégia e promoveu uma viagem a Marte. 

3. Site ou página de inscrição

O site é a porta de entrada da experiência online do participante. Ele ajuda a capturar os dados de visitantes interessados ​​para que você possa atraí-los em outras etapas do planejamento de marketing.

Além de um visual atrativo e com a identidade visual do evento, o hotsite do evento deve ter, idealmente, os seguintes componentes:

  • Um título atraente;
  • Data e hora do evento;
  • Agenda ou programação do evento;
  • Uma breve visão geral do evento para que o público saiba o que esperar e seja aguçado a participar;
  • Um vídeo envolvente para ilustrar a proposta do evento; 
  • Quem serão os palestrantes e moderadores;
  • Quem está expondo ou patrocinando o evento;
  • Perguntas frequentes (FAQs);
  • Formulário de inscrição ou plataforma para compra de ingressos. 

Vale dizer que todos os recursos devem ser descomplicados, intuitivos e de fácil navegação.

4. Priorize a comunicação multiplataforma e multimídia

As pessoas estão cada vez mais digitais e usam diversos canais de comunicação ao mesmo tempo. Os formatos podem ser determinados pela plataforma em que se está trabalhando. 

Seja por e-mail, redes sociais ou anúncios em sites e ferramentas de busca, vale criar conteúdos em diferentes formatos: texto, vídeo, infográfico e podcast. 

É o tom de voz e a identidade visual que devem amarrar todos os conteúdos. É isso mesmo: além de contar uma boa história (storytelling), o seu evento também é de um hub de conteúdo. 

5. Desenvolva um hub de conteúdo 

Uma das formas de conquistar o engajamento dos participantes do evento é disponibilizar materiais ricos que agreguem valor. Isso pode ser feito em diferentes canais, desde aplicativos de mensagens (como WhatsApp ou Telegram) até mesmo redes sociais, como grupos no LinkedIn e no Facebook. 

Entretanto, é na plataforma de eventos que você consegue unificar toda a jornada de participação do seu público. Desde o momento da inscrição, você consegue acompanhar o nível de interesse e engajamento dos inscritos com os conteúdos, enquetes, chat, stands, pesquisas… Assim fica mais fácil medir quais temas chamam mais atenção da sua audiência. 

A jornada de conteúdo deve fazer parte do planejamento de marketing e considerar datas, formatos e objetivos de cada peça de comunicação. 

6. Use o e-mail para enviar notificações periódicas

O e-mail marketing é um componente central de qualquer estratégia de marketing de eventos. Segundo pesquisa do blog Bizzabo, 40% dos profissionais de marketing acreditam ser o canal mais eficaz para a promoção de eventos. 

O endereço de e-mail é um item obrigatório em qualquer cadastramento online. Se você tem uma base de assinaturas ou uma lista de leads, então, você pode (e deve) manter contato.

Dito isso, você precisa criar sua campanha de e-mail marketing com cuidado. Também no plano de marketing, considere: 

  • Segmentar sua lista para saber o nível de conhecimento do contato sobre o assunto;
  • Qualificar o destinatário, informando se é realmente um cliente potencial ou apenas um interessado;
  • Delimitar o número de e-mails a serem enviados e o intervalos entre eles;
  • Elencar assuntos atrativos e que sejam relevantes para quem vai recebê-los;
  • Definir o corpo do texto, fonte e distribuição das palavras e imagens, em linha com a identidade visual do evento;
  • Descrever todas as ações que você quer que a audiência tome a cada e-mail – o famoso Call to Action (CTA) – como fazer um cadastro, baixar conteúdo, responder uma pesquisa, entre outros..

Planeje 2 ou 3 e-mails antes do evento para convidar, informar e relembrar o seu público sobre as informações essenciais para participação. Também vale enviar um e-mail de contagem regressiva no dia do evento. 

7. Invista em anúncios pagos

Os anúncios pagos para obter mais tráfego é uma escolha fundamental para atrair seu público online. A criação de campanhas direcionadas para seu público-alvo ajudarão a trazer a visibilidade que seu evento precisa para conquistar o interesse dos participantes em se inscrever.

Além disso, este recurso oferece insights sobre o desempenho do anúncio com base em várias métricas importantes para que você possa continuar melhorando sua estratégia de marketing.

Analisando a performance das ações, é possível corrigir rotas e direcionar melhor os investimentos. Após uma análise como essa, ficará mais claro quais sites e formatos de anúncio realmente direcionam tráfego para a página de inscrição do evento.

8. Potencialize ação em redes sociais

ilustração de um homem com megafone rodeado por ícones das redes sociais em volta
Aproveite sua presença nas redes sociais para divulgar seu evento online.

A escolha das redes sociais usadas para comunicar o seu evento deve levar em conta o perfil dos participantes. Na pesquisa para definição do público-alvo, é recomendado fazer uma pesquisa dos hábitos de navegação e consumo de redes sociais da sua persona. 

Por exemplo, se o evento tiver uma temática profissional, o LinkedIn é o canal ideal, porém, se você está promovendo um evento cultural, o Instagram pode ser uma boa pedida. 

Abuse dos recursos das redes sociais e lembre-se de que a qualidade do conteúdo e a frequência de postagens são itens fundamentais para garantir um evento de sucesso. 

Com um público que curte cada vez mais vídeos rápidos, este formato é fácil de viralizar e pode rapidamente alcançar mais pessoas. Publicar teasers nos canais de mídia social da marca ou do evento podem gerar curiosidade e dar aos seguidores uma amostra da experiência que está por vir.

Comece agora: checklist para eventos online

Divulgar o seu evento online explorando todas as possibilidades que o marketing digital oferece é um grande passo para ter um evento inesquecível. 

Por isso, não subestime a necessidade de planejamento para o seu evento online, afinal, o nível de complexidade é o mesmo de um encontro presencial. 

E para te ajudar nesta jornada, preparamos um checklist para eventos online. Com ele, você terá o passo a passo de como fazer um evento online perfeito!

Esperamos que este artigo tenha contribuído para que você entenda a jornada de marketing digital para eventos online. E se quiser saber ainda mais sobre esse e outros assuntos, te convidamos a participar da Backstage – uma comunidade feita especialmente para profissionais da área de eventos.

Conecte-se!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *